Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Fale conosco via Whatsapp: +55 75 99177-0283
No comando: Bom dia Santis

Das 06:00 às 07:00

No comando: Bom dia com Lis Braga

Das 07:00 às 08:00

No comando: Club do Ouvinte

Das 08:00 às 11:00

No comando: AGITO 87.9

Das 08:00 às 18:00

No comando: Paraguassu Notícias

Das 12:00 às 14:00

No comando: TARDE TOTAL

Das 14:00 às 17:00

No comando: TÚNEL DO TEMPO

Das 17:00 às 18:00

No comando: ENCONTRO DE FÉ

Das 18:00 às 19:00

No comando: CONEXÃO JOVEM

Das 20:00 às 21:00

No comando: SANTO ESTEVÃO PRA JESUS

Das 21:00 às 22:30

No comando: BY NIGHT

Das 22:30 às 00:00

Menu

Anatel aprova liberdade tarifária para chamadas de Longa Distância Nacional

O Conselho Diretor da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) aprovou por unanimidade, nesta quinta-feira (26/3), a liberdade tarifária para chamadas interurbanas de Longa Distância Nacional. Com a decisão, as concessionárias de telefonia fixa – Claro, Algar, Oi, Vivo e Sercomtel – vão determinar os valores das tarifas aplicadas aos usuários dos planos básicos de serviço nessas ligações sem necessidade de aprovação prévia da agência reguladora.

De acordo com o relator do processo, conselheiro Emmanoel Campelo, quando da submissão da proposta à Consulta Pública 9/2019, cujas contribuições foram recebidas entre 1º de abril e 1º de maio, há evidência de ampla e efetiva competição nas chamadas de Longa Distância Nacional na telefonia fixa.

A decisão da Anatel acompanha a Lei Geral de Telecomunicações, que possibilita a liberdade tarifária aos serviços prestados em regime público se existir ampla e efetiva competição entre as prestadoras do serviço.

No entanto, caso sejam verificadas práticas anticompetitivas na Longa Distância Nacional, o regime de liberdade tarifária poderá ser suspenso pela Anatel. A liberdade tarifária é adotada nas chamadas internacionais da telefonia fixa desde 2014. Para as chamadas locais, mantêm-se o atual regime tarifário com a necessária aprovação da agência reguladora para a implantação do reajuste.

Fonte: Anatel

Deixe seu comentário: